Expresso Gardênia investe com novos e modernos ônibus em sua frota.

expresso_gardenia_comil_hd_2013

O Expresso Gardênia – transportadora de passageiros que atende a capital BH as cidades balneárias do Sul de MG, como Poços de Caldas e São Lourenço, inova no serviço rodoviário integrando em sua frota dois coletivos Comil Campione HD 4.05 para operarem em rotas rodoviárias, cujo veículo é apto para realizar as viagens entre 450 e 600 km. “Escolhemos a Comil por ser uma indústria de porte e de qualidade, com know-how gabaritado neste segmento” – afirmou o presidente da empresa, Antonio Afonso da Silva diz Silva. O “HD” da empresa rodoviária de MG possui: sofisticadas poltronas soft, soluções de espaço e ergonomia que proporcionam um maior conforto e segurança ao passageiro, novo porta-pacotes, novo sistema de iluminação, melhor direcionamento do ar-condicionado, sistema de som integrado e os monitores em LED´s que complementam o conforto do cliente da Gardenia. Em 2012, a Gardênia adquiriu um total de 100 novos ônibus, dos quais 83 modelo da série Campione e dois Campione HD da encarroçadora Comil. Atualmente, a empresa possui uma frota de 100 veículos que operam nas linhas intermunicipais de região metropolitana e ainda mais 350 coletivos que atuam nas rotas rodoviárias (totalizando cerca de 100 unidades da fabricante gaúcha Comil). (Por Helio Luiz de Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Foto: Comil/Moglia).

Anúncios
por inbustransportonibus

FABET-SCANIA-GRUPO JCA: apostam na formação de novos condutores para o TRP.

fabet_1_574

A Fabet – Fundação Adolpho Bósio de Educação no Transporte (com sede em Concórdia, SC, que iniciou o trabalho destinado ao transportador de cargas), em parceria com a Scania Latin América (fornecedora de chassi para ônibus) e o Grupo JCA (Auto Viação 1001, Viação Catarinense, Viação Cometa, Rápido Ribeirão Preto, entre outras) editam o primeiro curso de formação de motoristas de ônibus rodoviários, que terá início em 15 de abril. Ao todo serão disponibilizadas 25 vagas, inclusive para motoristas que ainda não estão em nenhuma empresa de ônibus. “Vamos formar novos motoristas e permitir que o mercado fique mais especializado. Lembrando ainda que o motorista profissionalizado faz parte de milhares de vidas diariamente por todo o país” – descreveu em entrevista, Salete Marisa Argenton, gerente da filial da Fabet localizada na cidade de Mairinque, em SP.

fabet_2_567

A iniciativa conta com o apoio da Scania que entregou um ônibus–escola K-310 (com câmbio Confort Shift e carroceria Comil Campione 3.65 Euro V) para as aulas destinadas aos motoristas profissionais. “Atualmente, a idade média de um motorista de ônibus é entre 45 e 55 anos, ou seja, em breve, boa parte irá se aposentar. Ao mesmo tempo, faltam no mercado nacional cerca de 120 mil motoristas qualificados. Muitos jovens não estão interessados mais na carreira de motorista e é nisso que precisamos ficar atento. Além de despertar a atenção para a necessidade destes profissionais e da valorização deles, temos de incentivar que mais motoristas entrem no mercado de trabalho com a competência exigida por um setor e uma sociedade cada vez mais exigentes” – enfatizou Salete. A parceria da Scania com a Fabet já é de 15 anos e já rendeu ações em conjunto consideradas de destaque pelo setor, como o apoio destiando a competição “Scania Melhor Motorista de Caminhão do Brasil”.

fabet_3_573

“A indústria de ônibus no Brasil evoluiu muito. Mas não basta colocar estes ônibus mais modernos nas ruas e estradas. É necessário preparar o motorista para aproveitar ao máximo toda tecnologia que os veículos oferecem para a produtividade da empresa, bem estar do próprio profissional e bom atendimento ao passageiro, que é o cliente do serviço de transporte. Por isso, nós da Scania apoiamos a mais esta iniciativa da Fabet” – destacou Eduardo Monteiro, responsável pelo segmento de ônibus urbanos da montadora sueca no país. Em dados oficiais de acordo com a ANTT Agência Nacional de Transportes Terrestres, mais de 75% das movimentações interestaduais são realizadas nas estradas e rodovias deste imenso país.

fabet_4_566

Só nos serviços de ônibus interestaduais e internacionais, são transportadas anualmente mais de 140 milhões de brasileiros. Experiências anteriores da própria Fabet mostram resultados positivos, de acordo com a instituição: a atuação de motoristas qualificados pode reduzir em 47% os acidentes, diminuir em cerca de 15% o consumo do óleo diesel, aumentar em 10% a vida útil de um pneu, melhorar a pontualidade, elevar o nível de satisfação do cliente e aumentar a produtividade do profissional, dentro de sua carga horária e sem sacrifícios. “Por isso que o motorista tem de saber de verdade o seu valor na sociedade e trabalhar de forma humanizada. Não dá para fazer uma cotação da vida como se faz de uma carga. Assim, qualificar o motorista é dar valor à vida. Afinal, não existe transporte sem o profissional do volante e o transporte é uma atividade em prol da vida” – concluiu a gerente da Fabet em Mairinque, Salete Marisa Argenton. Maiores informações pelo tel.: (11) 4708-1784 (Fabet). (Por Adamo Bazani, jornalista exclusivo para a Inbus Transport, de Mairinque, SP – Fotos: Adamo Bazani).

por inbustransportonibus

Volare apresenta a Linha 2013 e lança os modelos “W6”, “W7” e o “WL”

Volare apresenta a Linha 2013 e lança os modelos “W6”, “W7” e o “WL”

 volare_w7_executivo

A Volare apresentou a sua nova linha 2013 de veículos, editando três novos modelos, o “W6”, o “W7” e o “WL” – este o de maior capacidade do segmento, para até 36 passageiros. A fabricante inova e introduz para o mercado o conceito de modelos pela capacidade de passageiros e aplicação em lugar do tradicional PBT Peso Bruto Total.

volare_wl_limousine

“A grande inovação é que estamos mudando o conceito de aplicação do produto. A nova família Volare tem os modelos definidos pela sua aplicação e número de passageiros que serão transportados, o que torna a escolha do cliente mais fácil e a utilização do veículo com mais técnica e racionalidade, se destacando na gama de produtos para todos os segmentos” – destacou o executivo Milton Susin, diretor da empresa.

mp_vol_b

Com esses três novos modelos, desenvolvidos de forma inédita, tanto no sentido do design quanto da funcionalidade, a Volare vai se certificando como a líder em seu segmento. “O mercado utilizava o PBT [Peso Bruto Total] do veículo para definir qual o melhor modelo para a aplicação. Com isso, muitas vezes o veículo era superdimensionado para o serviço ou o cliente pagava por uma capacidade que, efetivamente, não utilizava.

mp_vol_14

Com o produto focado na aplicação e no número de passageiros, isso não vai mais acontecer e o cliente pode adquirir o  Volare ideal que atenda às suas necessidades” – complementou Susin. Com esses novos produtos, os modelos “W6” e “W7” chegam para substituir o “V6” e o “V8”, proporcionando mais funcionalidade e versatilidade e complementando a família Volare com outras sete modernas configurações: “V5”, “W8”, “W9”, “DW9” e ainda o “WL”.

mp_vol_44

“Os novos Volares foram editados a partir de uma concepção moderna e inteligente para transportar pessoas com o máximo de conforto, segurança, eficiência, economia e mobilidade, e com o mínimo de emissões” – informou o seu diretor executivo. Maior largura interna e total, um grande mix de configueações, vidros amplos e colados, faróis em LEDs e componentes em plástico de engenharia reciclável formatam os consagrados “W6 e W7”.

mp_vol_17

Escolar, Urbano, Fretamento e Executivo são as opções desta série que editam em especial atender os diferentes nichos de mercado (como no programa Caminho da Escola) e ainda nas aplicações de serviços (como ambulância, consultório dentário, médico, entre outros). Outro modelo que recebeu as inovações foi o “DW9” (que segue as mesmas características dimensionais do “W9”) se diferenciando apenas pela motorização Mercedes-Benz OM 924 LA V/21 – Euro V (no “W9” o motor é da série MWM Maxxforce 4.8 – também Euro V).

mp_vol_16

Os diferenciais dos modelos estão na apresentação de catálogo como a parede de separação da cabine do motorista e o salão de passageiros (de plástico de engenharia reciclável), a porta deslizante, no porta-malas e no novo padrão de largura total – agora com 2360 mm – que permite configurar o salão de passageiros com poltronas duplas em ambos os lados. Todos os modelos possuem ainda: novas entradas de ar no painel dianteiro, novo volante, salão de passageiros com acréscimo de quatro poltronas, cluster (painel de instrumentos), design interno inovador, computador de bordo integrado e amplo bagageiro com aumento de 20% na sua capacidade.

mp_vol_23

“Cada modelo Volare foi minuciosamente projetado para atender as necessidades do mercado da forma mais racional, proporcionando o máximo aproveitamento do espaço, respeitando as normas e o conforto ao passageiro. Nosso negócio é transportar pessoas e a nossa engenharia trabalha a partir deste foco” – afirmou Roberto Poloni, gerente de engenharia da fabricante. Já o WL traz uma nova e inédita opção para o mercado em termos de número de passageiros: é o primeiro produto da categoria com capacidade para 36 pessoas, além do motorista.

mp_vol_51

Apresentado em cinco versões (Executivo, Fretamento, Limousine, Urbano e Escolar), o Volare WL é considerado a solução ideal para quem opera com grupos grandes no segmento de fretamento e turismo. Além do maior número de assentos, tem um bagageiro especial de 4 mil litros de capacidade (graças ao compartimento de bagagens de acesso pela porta traseira com abertura até a base da carroceria e das tampas de acesso laterais que permitem melhor acomodação dos volumes).

mp_vol_52

O “WL” possui um novo desenho na parte traseira e nas lanternas (sinaleiras), porta-pacotes maior e mais abrangente, bagageiro na parte inferior (entreeixos), salão de passageiros em dois níveis de altura (meia-parede de separação entre a cabine e o salão de passageiros) e painel operacional do condutor com exclusivo detalhe e ainda mais ergonômico. (Por Helio Luiz de Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Fotos: Inbus Transport).

por inbustransportonibus

Volare inaugura Centro de Operações em SP para integrar ainda mais seus clientes!

volare_sp_cent_operacoes_12 

A Volare – fabricante nacional de veículos comerciais para o transporte de passageiros inaugurou em SP o seu Centro de Operações as margens da Via Anchieta, no bairro Sacomã, num complexo que compreende 8 mil m2 de área total. Parte integrante dos  investimentos da empresa (que faz parte da Marcopolo), o novo local vai integrar uma concessionária-modelo, atuando também como um local de treinamento para toda a rede de concessionárias, além de concentrar uma central de distribuição de peças de reposição. “A Volare é hoje uma das principais fabricantes brasileiras de veículos para o transporte de passageiros, com abrangência nacional.

mp_vol_2

Como grande parte dos nossos clientes e usuários está localizada nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste, decidimos assim pela abertura desse centro de operações em SP, para estarmos ainda mais próximos do nosso cliente” – destacou Rodrigo Bisi, coordenador de Estratégia da fabricante e responsável pelo projeto e implementação do complexo paulista. Graças a excelente localização como o Aeroporto de Congonhas, São Bernardo do Campo, a própria Anchieta e acesso rápido e fácil dentro dos limítrofes da capital. “A nossa meta é que, ainda no primeiro semestre deste ano, o centro de peças seja responsável pela distribuição de cerca de 80% dos componentes que abastecem os pontos de venda Volare” – salientou o executivo.

mp_vol_45

A Escola de Negócios Volare também é um programa voltado para a capacitação dos profissionais que operam nas áreas técnica, comercial e de gestão nas 85 concessionárias da rede da marca no Brasil, bem como nos 15 representantes do exterior. “No futuro, vamos estender essa formação também aos clientes que tiverem interesse” – comentou Bisi. Os treinamentos e cursos poderão ocorrer de forma presencial no novo centro de operações paulista, na sede em Caxias do Sul ou em algum outro local de interesse, ou ainda à distância, em ambiente virtual. Outro exemplo é o investimento na elevação do padrão de atendimento com todo o trabalho realizado em pós-venda e assistência técnica da marca. Detalhe em destaque é o lançamento do “Anjo Azul” – novo conceito de apoio ao cliente sendo um veículo-oficina móvel, criado em 2012, para atendimento a frotistas e clientes, proporcionando um socorro mecânico ágil, independente, versátil e diferenciado, para cobertura da maioria das solicitações para a linha Volare. (Por Helio Luiz de Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Fotos: Volare/Inbus Transport)

por inbustransportonibus

SJC: cidade dos “aviões” tem frota nova de ônibus…

expr_maringa_sjc_1

São José dos Campos (frota urbana com 386 veículos, sendo que a Expresso Maringá possui 121 ônibus, a CS Brasil com 134 veículos e a Saens Peña conta com 131 coletivos), Vale do Paraíba de SP, integrou em sua frota urbana novos 40 ônibus da empresa Expresso Maringá, todos “0 Km”.

expr_maringa_sjc_2

A renovação estava prevista em acordo com a prefeitura local, aumentando assim cerca de 10% a frota operante em circulação por todos os bairros e vilas do município. Na cidade operam três empresas, cuja renovação completa uma das maiores frotas de ônibus com veículos novos e de baixa idade média. Os coletivos foram construídos pela encarroçadora gaúcha Marcopolo – modelo Torino montados com chassi Mercedes Benz OF-1721, Euro V Proconve P7 – dotados de tecnologia BlueTec 5 que emitem cerca de 63% menos de Óxido de Nitrogênio e a imediata redução de 80% de materiais particulados (graças a injeção eletrônica do fluido ARLA 32 Agente Redutor Liquido Automotivo que possui 32,5% de ureia industrial no sistema de escape dos coletivos).

expr_maringa_sjc_3

Os ônibus da Expresso Maringá possuem poltronas especificas para portadores de necessidades especiais (identificadas), plataforma elevatória, local identificado para cadeirantes e poltronas estofadas.

expr_maringa_sjc_4

(Por Helio Luiz de Oliveira, editor MTb 69429SP, de São José dos Campos, SP – Fotos: Inbus Transport)

por inbustransportonibus

Irizar: anuncia expansão da fábrica e a vinda futura de novos produtos.

DSCN6827

A encarroçadora de ônibus Irizar de Botucatu, SP, informou em nota que investirá cerca de R$ 140 milhões na construção de uma nova unidade industrial, localizada a 3 km da atual sede, no mesmo município. O diretor-geral, Axier Etxezarreta, destacou: “A área construída atingirá cerca de 30 mil metros quadrados inicialmente em nossos planos. Porém, devemos atingir 85 mil metros quadrados”. A previsão para término da primeira fase das obras é o último trimestre de 2014. A área total do terreno ocupa cerca de 250 mil metros quadrados, terreno este cedido pela prefeitura de Botucatu. Com a nova capacidade a maior aposta da Irizar é crescer em participação nas vendas ao mercado interno. “Teremos capacidade para até 7 produtos/dia e ao final do projeto para até 14 ônibus/dia” – enfatizou Etxezarreta. A fábrica atual tem 27 mil metros quadrados de área construída que em 2012 foram construídas 715 carrocerias. Para 2013 o executivo prevê que o mercado da empresa atingirá 24% desse volume e um faturamento de 15% a mais (cerca de R$ 200 milhões) observados durante o exercício de 2012. Os modelos produzidos na futura unidade serão as tradicionais carrocerias: “Century”, o “PB” e o novíssimo modelo “i6”. Atualmente cerca de 60% das carrocerias produzidas aqui no Brasil é destinada às exportações para os mercados da África do Sul, Austrália, Chile, Nova Zelândia entre outros importantes mercados de ônibus onde a encarroçadora tem atuação comercial. ”Os produtos fabricados pela matriz espanhola poderão também ser produzidos aqui no Brasil. Para tanto vamos acompanhar criteriosamente as necessidades do mercado. Assim, não descartamos a vinda de outros modelos de sucesso da Irizar” – finalizou Etxezarreta. A nova planta fabril em construção ampliará a produção em mais de 1,5 mil unidades já na conclusão da primeira fase, prevista para o ano de 2015. (Por Elias Marques, editor MTb 49162SP, de Botucatu, SP – Foto: Inbus Transport).

por inbustransportonibus

URBS: interatividade nos coletivos de Curitiba e Região Metropolitana.

B3318

Pelo menos 120 ônibus biarticulados de Curitiba deverá contar com monitores de TV (tipo LCD, de 19 polegadas) em 120 veículos biarticulados da frota operante, segundo anunciou à gerenciadora Urbs – Urbanização de Curitiba S.A.  A empresa responsável pelo transporte na capital paranaense e nos municípios que fazem parte da RIT – Rede Integrada de Transportes destacou que em até sessenta dias os usuários estarão com o sistema totalmente ativado. Além de oferecer aos passageiros a opção de entretenimento e informação durante a viagem, a presença desse sistema de TV/áudio nos coletivos deve também proporcionar um recurso a mais como parte da receita oferecida na veiculação de anúncios que a empresa transportadora instalar gratuitamente para a Prefeitura local em seus aparelhos locados.

B3387

Atualmente 46 veículos contam com os monitores (sendo 20 biarticulados vermelhos e 26 ligeirões azuis das linhas Santa Cândida/Capão Raso e Centenário/Campo Comprido) cuja programação é transmitida sem áudio (sendo 40% do tempo abordando notícias em geral, 30% com publicidade local, 15% para mensagens veiculadas pela Prefeitura de Curitiba e 15% para informações da Urbs). (Por Ronaldo dos Santos, editor MTb 9529PR, de Curitiba, PR – Fotos: FotoFrotista)

por inbustransportonibus