Gadotti incorpora novos rodoviários em sua frota!

Com renovação de frota, Gadotti de SC investe com unidades rodoviárias da Comil!

Campione DD Gadotti

A Auto Viação Gadotti incorporou cinco novos ônibus que vão atuar em linhas regulares entre os estados de SC e SP, além de viagens turísticas e de compras no país e exterior. Ainda no final do ano passado, a operadora com sede em Blumenau (SC) adquiriu uma unidade do Campione HD e dois Campione DD. Já em 2014, foram encomendados mais dois exemplares do modelo Double Decker da marca gaúcha. A Gadotti investe constantemente na modernização de sua frota para o transporte rodoviário e turístico de passageiros como no número de poltronas do tipo leito, com o Campione HD de 28 lugares e ainda os Campione DD com 40 lugares – todos do tipo poltrona leito. Todos esses novos veículos oferecem um alto padrão de qualidade em seus serviços, cujas configurações dos ônibus apresentam diferentes itens de conforto e segurança, como geladeira, sistema de áudio e vídeo com telas de LED, sistema de internet sem fio (“wi-fi”), freios ABS, ampla área envidraçada, iluminação por lâmpadas de LED, banheiro, tomadas de 110 volts, entre outros detalhes. Para Jader Schneider, sócio-diretor da empresa, a opção pela Comil se deu no atendimento comercial e pela qualidade do pós-venda. “A assistência técnica da encarroçadora está muito boa. Toda a equipe da fabricante se empenha muito para satisfazer as necessidades dos clientes” – descreveu o executivo. Além dos dois modelos de ônibus Campione DD que serão entregues até abril próximo, a companhia catarinense deverá integrar mais duas unidades do “Campione HD” na frota no segundo semestre, fortalecendo ainda mais a parceria entre as duas empresas. A Gadotti possui atualmente uma atualizada frota composta de 18 modernos veículos, sendo que agora cinco são da marca gaúcha de Erechim. “Por isto que em 2013 optamos por investir na aquisição dos ônibus Comil, até então, uma novidade para companhia” – finalizou Schneider. Por Elias Marques, editor MTb 49162SP, de SP – Foto: Comil/Moglia Ass. Imprensa

 

Anúncios
por inbustransportonibus Com a tag

Novos coletivos para Palmas, no TO.

frt_urb_palmas

Quarenta novos ônibus com ar condicionado começaram a operar no sistema municipal de Palmas, capital do Estado de Tocantins. A aquisição dos coletivos foi acertada em reunião do “CMAMT Conselho Municipal de Acessibilidade, Mobilidade e Transporte” realizada no final do ano passado. O acordo foi firmado também entre Carlos Amastha, prefeito local e José Antônio dos Santos Filho, presidente do Seturb Sindicato das Empresas de Transportes Coletivo Urbano de Passageiros do Tocantins. “Todos nós sabemos que Palmas têm temperaturas elevadas durante o horário comercial, por isso investimos em novos e modernos veículos com ar condicionado aqui não é luxo, mas uma necessidade. Com esses ônibus vamos oferecer a nossa população condições mais dignas de utilização e uso do transporte coletivo em nossa capital Palmas” – afirmou o executivo municipal, Carlos Amastha. O secretário e presidente do CMAMT Acessibilidade, Mobilidade e Transporte, Christian Zini, também afirmou em nota que a aquisição dos ônibus é para cumprir a legislação que obriga uma frota atualizada com acessibilidade para os portadores de limitações de locomoção. “Além de melhorar a própria qualidade do serviço, essa aquisição dos veículos feita pelas empresas visa também o cumprimento da legislação que determina que até o fim deste ano todos os veículos devem oferecer mecanismos para garantir acessibilidade” finalizou Zini. De acordo com nota do governo municipal, os veículos novos vão reforçar a frota já existente em operação na cidade. Por Elias Marques, editor MTb 49162SP, de SP – Foto: Divulgação.

por inbustransportonibus Com a tag

Marcopolo recebeu na Alemanha o “Premio iF Product Design Award 2014”, na categoria Transportes com o “Viale BRT”

vialebrt4

A Marcopolo recebeu na Alemanha, o “Premio iF Product Design Award 2014”, na categoria Transportes, pelo desenvolvimento do ônibus urbano “Viale BRT”, durante a semana de design de Munique. O Viale BRT foi concebido a partir de tendências mundiais em design para o transporte de massa e recebeu o reconhecimento por se destacar em critérios como de inovação, qualidade do design, escolha dos materiais, impacto ambiental, segurança e acessibilidade. O modelo é o mais avançado já fabricado no Brasil e apresenta diversas soluções para a mobilidade urbana. “Estamos orgulhosos por mais esta conquista. O Marcopolo Viale BRT atende a todas as exigências dos principais sistemas de transportes, tanto daqui do Brasil como de qualquer parte do exterior” – enfatizou o gerente corporativo de Design da encarroçadora de Caxias do Sul, Petras Amaral. O “iF Design Award 2014” contou com mais de 4,6 mil inscrições de 55 diferentes países e premia anualmente aproximadamente mais de 100 projetos em 17 categorias. Com o objetivo de reconhecer produtos inovadores e com ganhos reais para os consumidores, o “iF” Design confere um selo de qualidade para as empresas premiadas. Concedido desde 1953, a premiação é promovido e organizado pelo “iF International Forum Design” que reconhece os principais projetos de design e funcionalidade, beleza e estruturação mundial de produtos fabricados nos mais diversos setores industriais. Para a Marcopolo, o prêmio demonstra a liderança mundial da fabricante brasileira no segmento de ônibus e reflete toda a dedicação dos colaboradores do Marcopolo Design Center para o desenvolvimento de um projeto. Com desenho futurista, de plataformas de embarque de diversos países, podendo ser configurado para atender às necessidades específicas em números de passageiros e acessibilidade. O Viale BRT envolveu, igualmente, desenho inovador para o segmento, com destaque para todo o conjunto da carroceria. Por Helio L Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Foto: Marcopolo/Secco Comunicação/Ass. Imprensa

Viação Gato Preto adquire novos 15 veículos de 15 m sobre o chassi da Scania K310 6×2*4

viac_gato_preto_a1

A operadora urbana Viação Gato Preto adquire novos 15 veículos de 15 m sobre o chassi da Scania na configuração K310 6×2*4. O coletivo vem com carroceria de Caio Induscar (Millennium BRT). O modelo tem as características do tipo Padron, podendo transportar confortavelmente 100 passageiros. Todos os chassis contam com a transmissão ZF-Ecolife e ainda com o terceiro eixo de apoio direcional, no que facilita as manobras diárias com redução de desgaste dos pneus do conjunto. “Os novos negócios com o chassi Scania de 15 m vem confirmar a preferencia pelo empresário do setor urbano e as fortes características do modelo, além de promover algumas virtudes operacionais” – enfatizou o responsável pelos veículos urbanos da Scania, Eduardo Monteiro. O produto já somacerca de 400 unidades em operação por todo o Brasil, como na região do ABC paulista: na Metra – corredor metropolitano onde circulam 70 unidades e em Caxias do Sul – pela operadora local, a Visate, que incorporou em sua frota 19 veículos do chassi urbano Scania K310 6×2*4 (diferenciando apenas na opção: chassi de piso normal), especialmente desenvolvido para encarroçamento com 15 m de comprimento. O ônibus desta dimensão pode substituir as versões articuladas e atender a demanda operacional acima do coletivo convencional. Por Eduardo J Oliveira, editor MTb 15675SP, de SP – Foto: Divulgação.

BYD faz demonstração do “K9” elétrico na região Centro-Oeste!

palmas_byd onb_byd_k9_2

A empresa chinesa BYD Build Your Dreams testou em Palmas, no Tocantins, o ônibus elétrico que opera somente com baterias, veículo este que não emite nenhum tipo de poluente nas operações urbanas. O modelo é o “Eco-Bus K 9”: de piso baixo, ar condicionado e totalmente silencioso, no qual transporta confortavelmente 32 passageiros sentados. A fabricante de veículos (caminhões, ônibus e automóveis) BYD já declarou que tem um plano e vai investir US$ 100 milhões para a construção de uma fábrica de ônibus elétricos puros (movidos somente com baterias) no estado de SP. Os dirigentes chineses observam que o Brasil é um dos maiores mercados de ônibus no mundo. O “K9” já realizou testes urbanos primeiramente em SP (em duas baterias experimentais pelas regiões Oeste e Leste da capital), Brasília e Salvador. Outro importante destaque é que a montadora da China já está produzindo duas unidades desenvolvidas através dos padrões das carrocerias exigidas pela gerenciadora paulistana. Até 2016 a empresa tem um plano de já estar em condições de produzir 4 mil ônibus elétricos por ano em solo brasileiro e também para outros países da América Latina. Em 2013 a BYD deu início à produção desses mesmos modelos na planta localizada em Lancaster, na Califórnia, EUA, cujos investimentos nessas instalações foram de US$ 30 milhões na fase inicial, segundo dados da BYD. Por Elias Marques, editor MTb 49162SP, de SP – Fotos: Divulgação.

ANTT + MT + Min Cidades: campanha nacional contra a “pirataria” no transporte de passageiros!

Ad Revista_Dupla_404x266.indd

A ANTT Agência Nacional de Transportes Terrestres, o MinC Ministério das Cidades e o MT Ministério dos Transportes lançaram a campanha (desde 25Fev2014) “Quem contrata transporte pirata pode ficar no meio do caminho. Não embarque nessa”. O objetivo é de alertar a população sobre os riscos que o passageiro corre ao contratar um transporte pirata, conscientizando ainda o cidadão brasileiro sobre os riscos que ele corre e, com isso, inibir a utilização desse tipo de transporte que é totalmente irregular. A campanha faz parte do “Parada – Pacto Nacional Pela Redução de Acidentes”, evidenciando que é muito primordial a responsabilidade social e a consciência deste tipo de operação nas estradas, pois este ato ilegal além de ferir as legislações atuais é de exerce papel fundamental na segurança no trânsito. Para combater esse cenário, a ANTT e a PRF Polícia Rodoviária Federal também atuam com fiscalizações para identificar esse transporte e não permitir que eles sigam a viagem. Segundo as estatísticas do Governo Federal, a maioria dos acidentes nas estradas envolvendo ônibus e veículos piratas são muito grandes e elevam os índices de mortes e feridos, já que ele não segue as regras de segurança cobradas pela ANTT às empresas não cadastradas não passam pelas certificações programadas. Por Elias Marques, editor MTb 49162SP, de SP – Foto: Divulgação.

por inbustransportonibus Com a tag

Sunlong Bus vai disponibilizar ônibus para o mercado brasileiro!

Sunlong Bus no Brasil

sunlong_bus sunlong_bus_a

A fabricante chinesa Sunlong Bus deve começar a importar seus modelos de ônibus para o Brasil ainda neste primeiro semestre de 2014. Quem afirma esta posição é o empresário Mauri Moreira de Oliveira, sócio brasileiro da marca chinesa que tem sede em Xangai. A chegada da Sunlong é resultado de três anos de intensas negociações com matriz na China. A empresa trará ônibus completos para o mercado nacional, cujos modelos estão em homologação. Segundo Oliveira, a operação terá investimento inicial de US$ 15 milhões, no que envolve a instalação de um CD Centro de Distribuição em um terreno de 80 mil metros quadrados localizado na cidade mineira de Juiz de Fora. Por serem importados, os ônibus da Sunlong não poderá ser adquirido por meio de crédito do Finame/BNDES, fator decisivo para a venda deste tipo de bem. Apesar disso, o sócio da companhia no Brasil espera que em breve os veículos possam contar com condições mais competitivas de financiamento e com o apoio de um banco chinês. “Já temos clientes interessados na aquisição de 18 unidades. Assim como acontece com os automóveis e caminhões, os ônibus importados da China terão como atrativo um preço competitivo e produtos de elevado nível de qualidade” – destacou Oliveira que tem 35 anos de experiência no segmento, com passagens pelas renomadas empresas do setor de ônibus como a Volvo, Scania e Comil. Os modelos de ônibus da Sunlong possuem freios ABS, suspensão a ar e ar condicionado (itens alguns que obrigatório em veículos novos no Brasil desde o início deste ano). Na linha rodoviária os veículos possuem de 9 a 12 m de comprimento e na linha urbana os coletivos têm em média de 12 m. A ideia principal é de que depois de dois anos de importação existe um protocolo de intenção para a instalação do que seria a primeira planta da Sunlong fora da China. Por enquanto, o objetivo é de conquistar uma pequena fatia de mercado. “Estamos focando no nicho que era atendido pela Busscar” – descreveu Mauri Moreira de Oliveira, referindo-se à empresa catarinense que faliu em 2012. “O mercado brasileiro tem espaço para todo mundo e queremos complementar a oferta de produtos” – enfatizou o executivo. Inicialmente a montadora chinesa trará para o Brasil os modelos equipados com motorização a diesel: “Mas temos tecnologia para produzir modelos híbridos, puramente elétricos e até movidos a célula de combustível” – assegurou Oliveira. O executivo acredita que novas versões com tecnologias alternativas de propulsão devem chegar ao Brasil apenas no futuro, quando o Governo brasileiro definir algum incentivo para estas tecnologias, principalmente no transporte coletivo. Por Jean R Dierckx, de Bruxelas, Bélgica – Correspondente para a REVISTA INBUS TRANSPORT Brasil – Fotos: Sunlong Bus/Press

Agrale faz apresentação em festa gaúcha com os seus produtos na área de passageiros!

agrale_gnv

A Agrale participou da Festa da Uva 2014 (em sua 30ª edição, o evento que aconteceu entre 20 de fevereiro até 9 de março, em Caxias do Sul, RS) apresentando o seu ônibus hibrido diesel-elétrico e o ônibus movido a gás veicular (GNV), além de outros veículos de sua grade comercial. “A valorização das pessoas e as ações voltadas à cidadania e à preservação do meio ambiente são essenciais para a construção de uma sociedade mais justa e sustentável. O desafio é conciliar as esferas econômica, ambiental e social na geração de um cenário compatível para a continuidade das atividades da Agrale em prol do desenvolvimento comunitário” – destacou o diretor-presidente da Agrale, Hugo Zattera. A Agrale como montadora se preocupa com a sustentabilidade e evidenciou em seu estande a utilização e emprego de materiais reciclados na montagem, como o OSB que são painéis desenvolvidos a partir de resíduos de madeira. Também com ênfase a exposição caxiense, a montadora mostrou o ônibus Hybridus (unidade diesel-elétrico) que reduz o consumo de combustível em até 30% e a emissão de poluentes na mesma proporção. Com mais de meio século atuando na produção de caminhões, chassis de ônibus, tratores agrícolas e industriais, utilitários 4×4 e motores “diesel”, a empresa de Caxias do Sul é líder brasileira na construção de chassis leves há mais de 16 anos, onde também, em 2013, registrou a marca histórica de 100 mil veículos e 80 mil tratores produzidos. Por Elias Marques, editor MTb 49162SP, de SP – Foto: Agrale/Secco Comunicação.

por inbustransportonibus Com a tag

Grupo alemão [VW] quer aumentar controle total sobre a fabricante sueca [Scania].

Grupo Volkswagen oferece € 6,7 bi para a aquisição total da Scania.

man_volksbus_17_260_eod

Grupo alemão quer aumentar controle total sobre a fabricante sueca

scania_euro6_engine_seven_litre_3

Grupo Volkswagen detentora de 89,2% das ações ordinárias e de 62,6% do capital social ofertou publicamente a aquisição por € 6,7 bilhões para adquirir integralmente a montadora sueca Scania. Lembrando ainda que a gigante VW, desde o ano 2000 vem adquirindo de forma gradativa o controle da Scania (atuante nos setores de ônibus, caminhões e motores em geral). “A estratégia é assumir o controle integral da Scania” – afirmou Martin Winterkorn, presidente do conselho administrativo do Grupo VW. Ao todo são 299 milhões de ações que o grupo alemão ainda não possui (no que incluiria as outras partes comerciais como a Volkswagen Nutzfahrzeuge – utilitários leves e a marca de caminhões e ônibus Volkswagen – controlada pela MAN. Para complementar a operação, a Volkswagen informa que vai emitir € 2 bilhões em ações. Para consolidar o desejo de formar uma divisão integrada as marcas MAN e Scania não irão atuar simultaneamente, haja vista as atuações de cada empresa no segmento, assim, devem continuar com as suas próprias identidades empresariais e estruturais. “O plano para integrar plenamente a Scania ao Grupo Volkswagen segue uma lógica industrial convincente. Vai melhorar significativamente a capacidade, eficiência e flexibilidade do grupo compreendido por Scania, MAN e VW Veículos Comerciais (Nutzfahrzeuge), pela utilização de ferramental comum, numa estratégia semelhante àquela utilizada em nossos carros de passeio” – finalizou Leif Östling, membro do conselho administração da VW responsável pela área de veículos comerciais. A consolidação da divisão de veículos comerciais do Grupo VW são coordenados desde 2006, quando a MAN adquiriu a também fabricante de caminhões, ônibus e motores, e que tentou adquirir o controle da Scania em uma operação agressiva, para formatar uma forte unidade de negócios: dos utilitários leves até os caminhões extrapesados. Com a integração total da Scania ao grupo VW, a companhia calcula sinergias que podem gerar economia de mais de € 200 milhões até o final deste ano. Por Helio L Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Fotos: Divulgação.

Brasil Sul adquire Viação Garcia: fusões paranaenses no TRP.

Brasil Sul adquire Viação Garcia

bras_sul_1 bras_sul_2

A empresa Brasil Sul Linhas Rodoviárias de Londrina, PR está assumindo as operações da também londrinense e tradicional empresa do TRP Transporte Rodoviário de Passageiros do PR – a Viação Garcia. A confirmação foi confirmada por meio de uma nota na manhã do dia 21 de fevereiro em Londrina – sede de ambas as operadoras. Ainda pelo acordo das partes (Grupo Luft e Família Boiko), a Brasil Sul assumirá inicialmente 49,9% do controle societário da Viação Garcia. A empresa de Londrina fundada em 1934 informou que o restante da aquisição ocorrerá somente depois das autorizações dos órgãos concedentes do transporte rodoviário e de linhas regionais no PR (como as linhas intermunicipais e interestaduais) passará a integralidade da negociação. De acordo com o comunicado definido a imprensa especializada, ambas as empresas manterão seus tradicionais nomes e apenas será realizada uma fusão operacional, formatando assim o Grupo Garcia Brasil Sul. Na negociação os valores não foram revelados. A Garcia – fundada em 1934 por Mathias Heim, imigrante alemão, e o espanhol Celso Garcia Cid começou a empresa com um caminhão adaptado em jardineira. Em 1937, Heim vendeu a parte dele da sociedade para o espanhol José Garcia Villar. Em 2010, a família Garcia & Villar vendeu a empresa para o empresário gaúcho Mário Luft, proprietário do Grupo Luft Logistics, de SP. Atualmente, a Garcia se destaca entre as cinco maiores empresas do setor rodoviário no país, contando com uma frota de 550 ônibus (32 garagens e pontos de apoio, além do contingente de 2,3 mil colaboradores) e percorrendo 5,5 milhões km/mês nas linhas que ligam os estados do PR, SP, MS, MG e RJ. Já a empresa Brasil Sul – modernizada e atualizada administrativamente, tem sua sede administrativa e a garagem central também localizada em Londrina, PR. A empresa foi fundada no ano de 2004, a partir de uma dissolução parcial da empresa Expresso Nordeste, de Campo Mourão, também no PR. A companhia oferece em suas linhas os melhores serviços rodoviários como o ônibus leito com completo serviço de bordo (além de “Wi-Fi”). Atualmente é gerenciadora na direção da Família Boiko e atende as linhas rodoviárias interestaduais com atuação no PR, SP, SC e RS. Também se incluem nos negócios a Viação Ouro Branco e Princesa do Ivaí – ambas nas rotas intermunicipais que parte de Londrina as principais cidades da região norte do PR até SP. As empresas manterão seus nomes, com uma fusão operacional no Grupo Garcia Brasil Sul. “A troca de experiências entre as empresas, colocando toda a tradição da Garcia com a modernidade da Brasil Sul, refletirá diretamente na qualidade operacional do serviço prestado ao nosso passageiro” – destacaram os novos proprietários. Por Helio L Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Fotos: Divulgação.