Ônibus com o exclusivo “chá da tarde” na Inglaterra!

Afternoon-Tea-Bus-Tour-London-BB-Bakery-bloggers Afternoon-Tea-Bus-Tour-London-BB-Bakery-bloggers_11

A cidade de Londres ainda conserva o charme e a tradição dos excelentes e conservados coletivos urbanos. Mas um serviço vem atraindo inúmeros turistas que visitam uma das mais importantes localidades da Europa. Conhecida por ainda circular os “Routemasters” (ônibus de dois andares pintados de vermelho) que circulam por lá desde a década de 1950, munícipes e admiradores da tradição inglesa estão desfrutando de outra grande oportunidade: tomar o “chá da tarde” dentro de um ônibus de dois andares. O serviço “Afternoon Tea Bus Tour” (“o turismo do chá da tarde”) foi uma iniciativa de um comerciante apaixonado pelas culturas locais. No “Routemaster” (modelo reformado e que operou nos anos 1960) é retratado a singeleza do “chá da tarde inglês” dentro do sistema de transporte londrino, cujo “tour” é coberto em uma hora e meia ao valor de US$ 85 (ou 200 reais). Nas mesas do “double-deck vermelho” são servidos vários tipos de comidas entre pães, bolos e especialidades inglesas – enquanto se curte os principais cartões postais. O “The Daily Bus Toor” restaurante sobre rodas é uma das grandes novidades curtidas pelas crianças londrinas, que podem saborear e ainda levar para casa pequenas lembranças do passeio cultural. [Jean R Dierckx, de Bruxelas, Bélgica – Correspondente para a REVISTA INBUS TRANSPORT – ÔNIBUS * BRASIL – Images: London Bus/Press]

Anúncios
por inbustransportonibus

Mercedes-Benz: montadora destaca um serviço de extrema qualidade para o segmento de ônibus!

Alta qualidade dos chassis Mercedes-Benz é assegurada por uma completa inspeção antes da entrega ao cliente!

20150416_6f0b18a54553430d95d5c0b6f863c261_pdi-6

Visando zelar pela alta qualidade dos chassis de ônibus da marca em todas as etapas de produção, a Mercedes-Benz do Brasil realiza um importante trabalho junto às encarroçadoras brasileiras. Da parceria resultou num abrangente e robusto processo de PDI Pre Delivery Inspection ou “Inspeção pré-entrega”, antes do produto completo ser liberado para o cliente ou operador do TRP/TUP/TFT. “Nosso PDI é um grande diferencial da marca no mercado brasileiro” – enfatizou Ricardo Silva, diretor geral de Ônibus América Latina da Mercedes-Benz, que concluiu ainda: “Trata-se de uma verificação da interface de montagem da carroçaria no chassi” – afirmou o executivo da montadora paulista. Outro importante diferencial da marca no País é a tradição e o pioneirismo identificados nos chassis: “Somos os únicos fabricantes do setor a realizar uma inspeção desse porte em 100% dos chassis de ônibus nos encarroçadores parceiros. Isso nos dá as condições para assegurar a qualidade que é um atributo historicamente associado à estrela de três pontas em todo o mundo” – completou Ricardo Silva.

20150416_7f3c8401a4a14410abc48abb80a6bf1e_ricardo-silva

O PDI consiste na inspeção visual e funcional dos ônibus equipados com chassis da marca, visando sua conformidade com as exigências do mercado e com os padrões de qualidade da Mercedes-Benz, explicitados nos manuais de encarroçamento de cada modelo de chassi e que seguem as diretrizes da Daimler Buses (da Alemanha). A equipe de PDI realiza a verificação final no chassi antes de ir ao cliente. Se houver correções no produto, somente após a aprovação dessas etapas pela equipe, o veículo é selado e liberado para a entrega. A inspeção é realizada nas instalações das encarroçadoras (em boxes especialmente montados em espaços para esta finalidade). Os profissionais da Mercedes-Benz ficam baseados nas empresas fabricantes de carrocerias e acompanham todo o programa de produção, desde a preparação do chassi para receber a carroçaria até total encarroçamento. O processo ainda envolve, por exemplo, a instalação das estruturas laterais, o frontal, a traseira e teto do ônibus, nos chicotes elétricos, na chaparia em geral, na pintura e no acabamento final. São verificados também todos os sistemas do veículo, como os de direção, freio, elétrico e pneumático, assegurando que sejam montados de acordo com o manual de encarroçamento.

20150416_8c75f2cd95634c2ea72791d420cff53f_pdi-9

No transporte do chassi desde a fábrica da Mercedes-Benz, na sua preparação para o encarroçamento e na produção da carroceria, alguns elementos de fábrica eventualmente podem ser danificados. Neste caso, a equipe do PDI verifica qual a origem do dano. Se um eventual problema é de responsabilidade da fábrica, a equipe realiza um trabalho em parceria com as áreas de Pós-Venda ou Engenharia visando à garantia do cliente. Se a responsabilidade é do encarroçador, a Mercedes-Benz envia um relatório detalhado para que sejam tomadas as providências. O objetivo é garantir que o veículo seja entregue ao cliente na mesma condição que saiu de fábrica. As atividades do PDI para ônibus foram iniciadas em 2005 e realizadas pelos concessionários da marca até junho de 2012 (sob responsabilidade da área de Qualidade da Mercedes-Benz). A partir de então, o processo passou a ser conduzido com mão de obra própria, também sob gestão desta área, porém com equipes próprias baseadas em localidades como o distrito de Xerém em Duque de Caxias, RJ (cidade onde está sediada o encarroçador “Marcopolo Rio”), Botucatu (Caio e Irizar) e Lorena (Comil), ambas em SP, em Cascavel, PR (na planta industrial da Mascarello), em Caxias do Sul (Marcopolo, Volare e Neobus) e em Erechim (na fábrica da Comil), no RS. “Nossos concessionários continuam sendo parceiros muito importantes no processo, porque os reparos são executados com a sua mão de obra e fornecimento de componentes” – explicou Jorge Vassilas, gerente da área de Qualidade da Mercedes-Benz do Brasil, afirmando ainda: “O foco do PDI é a inspeção do veículo, zelando pela qualidade do chassi que sai de fábrica e depois do ônibus que sai do encarroçador e é entregue ao cliente final. Consequentemente, contribuímos para a segurança do veículo, dos passageiros, do motorista e do trânsito nas vias” – enfatizou o gerente.

20150416_9ffa8c44239f41c4adb17946de4f7dbc_pdi-5

A Mercedes-Benz é referência de mercado pela complexidade e a solidez do “PDI”, que complementa uma série de outros processos de qualidade dentro da Empresa, sempre com o objetivo de assegurar a excelência do produto no mercado. “Além disso, temos obtido também uma melhora significativa na sinergia com os encarroçadores” – avaliou Vassilas. “Isso se deve ao trabalho de uma equipe extremamente experiente, competente e totalmente comprometida com a qualidade que é um atributo da marca Mercedes-Benz” – destacou o executivo da montadora. O gerente ainda destaca que a área de Engenharia da Mercedes-Benz dá um importante suporte ao desenvolver instruções para os processos de alongamento ou encurtamento dos chassis. Esta é uma referência muito importante para o PDI desde a produção até a liberação do veículo. Os engenheiros da fábrica avaliam a interface entre os chassis e diversas carroçarias das empresas parceiras, trocando informações e desenhos de projetos e fazendo acompanhamento em várias fases do processo, visando sempre garantir a interface chassis/carroçaria de acordo com as diretrizes de encarroçamento da Mercedes-Benz. O foco da montadora com a qualidade no encarroçador não se limita à produção. Os engenheiros da área de Qualidade efetuam auditorias do processo de encarroçamento (abrangendo desde a chegada do chassi na empresa até a saída do veículo para o cliente após o PDI). A auditoria então avalia os aspectos como o transporte do chassi pelas empresas contratadas pelas encarroçadoras, controle de entrada, armazenamento e segurança, preparação do chassi, encarroçamento propriamente dito. Todos os dados captados no “PDI” são lançados num sistema corporativo e ficam disponíveis para as várias áreas, como Qualidade, Engenharia, Produção, Pós-Venda e Garantia. [Helio L Oliveira, editor MTb 69429SP, de São Bernardo do Campo, SP – Foto: MBB/Comunicação/Imprensa]

Scania no Chile: Grupo ETM incorpora novos veículos da marca em transporte rodoviário!

seguranca_ativa_etm_SCANIA_02

O Chile será o primeiro país na América Latina a receber uma frota de ônibus equipada com opcionais do Pacote de Segurança Ativa da Scania. O pacote está disponível na plataforma para ônibus rodoviários e reúne um conjunto de funções de alta tecnologia desenvolvido especialmente para aumentar a segurança no trânsito. Assim 10 coletivos rodoviários do Grupo ETM – empresa que opera no transporte rodoviário do país há 50 anos, montados sobre o modelo K400 IB6x2, carroceria G7 1800 DD da Marcopolo foram adquiridos no processo de renovação e incorporação a frota da empresa. As unidades estão equipadas com dois opcionais itens do Pacote de Segurança Ativa: o LDW Lane Departure Warning (que avisa o motorista se o ônibus estiver saindo da pista) e o ACC Adaptive Cruise Control (que auxilia na manutenção da distância em relação ao veículo à frente). “As normativas do Chile quanto ao nível de segurança são muito altas, por esse motivo o cliente procurou tecnologias mais avançadas, e a Scania entregou um pacote de soluções adequado à necessidade dele”, explicou o responsável pelo portfólio de ônibus da Scania para a América Latina, André Oliveira. O mercado chileno é um dos mais rigorosos da América Latina na busca por dispositivos de segurança rodoviária, embora a demanda por esses itens também esteja crescendo em outros países da região.  Além do LDW e do ACC, o Pacote de Segurança Ativa da Scania conta com a função AEB Advanced Emergency Breaking (sistema de frenagem de emergência que evita colisão frontal). “Essas funções, que já fazem parte do portfólio global da Scania para auxiliar o motorista na condução segura, agora estão disponíveis para o portfólio de ônibus rodoviários na América Latina” – acrescentou André. [Thiago L M Oliveira, de Buenos Aires, Argentina – Correspondente para a REVISTA INBUS TRANSPORT – ÔNIBUS * BRASIL – Foto: Scania/Imprensa]

Novo produto da MWM International para o segmento de pesados!

josc3a9-eduardo-luzzi_presidente-da-mwm-international_2

A MWM International apresenta a sua marca de óleo lubrificantes, expandindo assim seus negócios no mercado de peças de reposição, com mais um produto de marca própria com a linha “MASTER OIL MWM INTERNATIONAL”. A nova linha de produtos “MASTER OIL” foi desenvolvida para atender as necessidades do “mercado diesel”, com produtos de alta qualidade, aliados à força e a confiabilidade da marca MWM International. Ainda na fase inicial do projeto, serão comercializados os seis diferentes tipos de óleos lubrificantes: para motores diesel (mineral e semissintético), para transmissões e diferenciais e para sistemas hidráulicos. A nova linha foi submetida a uma série de testes e auditorias de forma que os produtos atendam as especificações da engenharia de desenvolvimento de produtos da empresa, oferecendo assim ao consumidor e frotista mais qualidade, tecnologia e confiabilidade presentes em todas as peças genuínas da companhia. Para Leandro Tartarelli Tondo, Diretor de Peças de Reposição da marca destacou: “A nova linha MASTER OIL trará importante expansão para os negócios de peças de reposição da companhia, além de demonstrar a preocupação da MWM em atender às necessidades do mercado diesel com produtos de alta qualidade, testados e validados pela fábrica” finalizou Tondo. O lançamento demonstra a responsabilidade em investir em pesquisa e desenvolvimento, inovando em tecnologia e na satisfação dos clientes da MWM International, onde circulam mais de 4 milhões de motores em 62 anos de sua história, sendo exportados para mais de 30 países. O produto está disponível nos mais de 500 pontos de venda da Rede Autorizada de Peças e Serviços da MWM International, distribuídos em todo território nacional. [Elias Marques, editor MTb 49162SP, de SP – Foto: Divulgação]

Viação Cometa atualiza serviço na linha entre SP x Curitiba com moderno ônibus “DD”.

14305 (3)

Cometa inaugura em linha interestadual os novos rodoviários “DD” com o serviço GTV na rota SP x Curitiba. Os moderníssimos ônibus realizam viagens diárias nos dois sentidos – sempre saindo das capitais de SP e do PR no horário executivo, permitindo assim que os clientes e passageiros cheguem a seus destinos nas primeiras horas com total conforto e segurança. Os rodoviários são montados na carroceria Marcopolo DD Paradiso 1800, sobre chassi Scania 8×2 da série Euro 5 com 440 cv de potencia. [Ronaldo dos Santos, editor MTb 9529PR, de Curitiba, PR – Foto: FotoFrotista]

por inbustransportonibus Com a tag

Fras-Le: novo componente para o segmento de ônibus.

driver_bus_1

A Fras-Le lançou durante a Automec 2015 a lona para aplicação em freios pneumáticos de ônibus urbanos. O “AF/750 City Bus” apresenta 30% a mais em durabilidade quando utilizada no grande esforço exigido pelos veículos em tráfego nas grandes cidades e capitais.

D-Randon-pecas

[Adamo Bazani, editor MTb 31521SP, de SP – Foto: Divulgação]

por inbustransportonibus

Empresa mexicana adquire novos veículos da Scania em sua frota.

Ônb_mexico_1_ado

A Scania – montadora referência mundial na fabricação de chassis de ônibus, caminhões pesados e motores industriais e marítimos, anunciou a comercialização de 138 unidades interurbanas para sólido Grupo ADO – uma das maiores empresas de transporte de passageiros do México.  “Um dos compromissos da Scania com o mercado mexicano de transporte rodoviário e de turismo é entregar veículos que proporcionem alta rentabilidade e tecnologia para os clientes e causem menor impacto no meio ambiente” – destacou Enrique Enrich, recém diretor-geral da Scania no México.  Os robustos chassis foram equipados com a carroceria “Irizar i5”, cujos ônibus adquiridos pela ADO trazem ao mesmo tempo comodidade, flexibilidade e economia de combustível. A área externa, por exemplo, é funcional e aerodinâmica, e no interior do veículo os passageiros contam com bom gosto e conforto.  “Nossas soluções em transporte atendem às mais diversas necessidades dos clientes e dos clientes de nossos clientes – nesse caso os passageiros intermunicipais, segmento em que as exigências operacionais são grandes e devem ser superadas” – enfatizou o executivo Enrich. A montadora Scania se destaca em grande parte do mercado no México por oferecer a tecnologia mais adequada ao tipo de negócio do cliente e de acordo com as políticas internas, respeitando 100% as normas de emissões de poluentes vigentes no país.  “Os ônibus Scania são mais econômicos e têm baixos níveis de emissão de gases e ruídos, contribuindo para maior fluidez do trânsito interurbano, além de aumentar o conforto e a segurança dos passageiros” finalizou o executivo. [Thiago L M Oliveira, de Buenos Aires, Argentina – Correspondente para a REVISTA INBUS TRANSPORT – ÔNIBUS * BRASIL – Foto: Scania/Press]

por inbustransportonibus

BRT de Quito, no Equador completa 20 anos de operação!

BRT de Quito opera há 20 anos!

Trolleybus station

O sistema BRT foi implantado em Quito em 1995. Atualmente, são cinco corredores em funcionamento: Trolebús, Ecovía, Central Norte, Sur Oriental e Sur Occidental. Os 40 ônibus articulados “O 500” da montadora Mercedes-Benz serão utilizados no Trolebús (24 km de extensão, 32 paradas e demanda de cerca de 266 mil passageiros/dia) e no corredor Ecovía-Sur Oriental, que se complementam (são 24 km de extensão, 39 paradas e mais de 164 mil passageiros transportados por dia). Com os novos ônibus Mercedes-Benz, a frota da EPMTPQ passa a contar com 307 veículos articulados, entre unidades a diesel e versões trólebus. [Thiago L M Oliveira, de Buenos Aires, Argentina – Correspondente para a REVISTA INBUS TRANSPORT ÔNIBUS * BRASIL – Foto: Divulgação]

por inbustransportonibus

Cães e gatos: transporte em SP garante viagens dos “domésticos animais”!

DSCN6016

A cidade de SP conta com a Lei 16125 de 11/03/2015 da esfera municipal que dá direito ao munícipe transportar seu animal doméstico nos coletivos urbanos. Obviamente a regra estabelece algumas diretrizes como não é permitido e não dá direito o transporte de animais ferozes ou peçonhentos, ter no máximo 10 kg e portar junto ao seu dono a carteira de vacinação “rigorosamente” em dia (emitidas por veterinários). A SPTrans – SP Transportes, que gerencia cerca de 15 mil ônibus na cidade também destaca que os proprietários dos animais domésticos não conduzam os seus nos horários considerados de pico: entre as 6h até as 10h da manha e ainda entre as 16h às 19h. O motorista do coletivo só está autorizado a transportar em linha apenas dois animais por vez no coletivo e dentro de caixa de transporte (de fibra de vidro ou similar) e ao passageiro agir como os demais: entrando pela porta dianteira e pagando sua passagem. Ainda segundo o CCZ Centro de Controle de Zoonoses da PMSP Prefeitura do Município de SP e a USP Universidade de SP atualmente a cidade conta com mais de 2,51 milhões de cães e 565 mil gatos que podem desfrutar com seus donos do uso do sistema urbano de transporte por ônibus. [Helio L Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Foto: Inbus/NOP-Bus/AutomotivePress]

por inbustransportonibus

Mercedes-Benz Ônibus: modelos da montadora são exportados para o Equador!

Ônibus articulados Mercedes-Benz começam a circular no BRT do Equador

 20150311_2da954338faa4ab2ac0e273d1832e376_articulado-equador

Quarenta novos e modernos ônibus articulados da Mercedes-Benz [como o “O 500 MA”] entraram em operação nos corredores Ecovía-Sur Oriental e Trolebús do sistema BRT [Bus Rapid Transit] da capital do Equador – Quito. Fabricados na planta industrial da montadora em São Bernardo do Campo, SP, os chassis articulados receberam carroceria da Busscar da Colômbia, entregues à EPMTPQ Empresa Pública Metropolitana de Transporte de Passageiros de Quito pela Autolider, representante da Mercedes-Benz naquele País.  “Além de atender aos requisitos estabelecidos pela licitação da prefeitura de Quito, nosso produto agrega mais valor aos gestores do transporte público local, tendo como base o atendimento especializado de vendas e pós-venda da Autolider e da Daimler Latina, o que assegura confiabilidade e tranquilidade para o cliente” – afirmou Claudio Siedmann, gerente Sênior de Ônibus da Daimler Latina. Também com o objetivo de apoiar o cliente, representantes da EPMTPQ foram recebidos pela área de Global Training da Mercedes-Benz do Brasil em Campinas, SP. Eles participaram de um programa de treinamento sobre o produto e a manutenção, a fim de multiplicar o conhecimento as suas equipes. Isso contribui para a familiarização dos motoristas e do pessoal de oficina do cliente quanto às características específicas dos veículos articulados, potencializando assim o uso da frota no que se refere a desempenho, economia operacional e manutenção. [Helio L Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Foto: Mercedes-Benz/Imprensa]