Daily Minibus Elétrico da Iveco

Test-drive Iveco Bus - Planta Iveco Sete Lagos - MG - Brasil. Foto: MPerez

A Iveco iniciou no Brasil os primeiros testes do Daily Minibus Elétrico, veiculo equipado com baterias de sódio e níquel, que não emite nenhum tipo de poluente na operação, cujo modelo foi desenvolvido na Europa (onde já opera comercialmente). O Daily Elétrico (Modelo: 50C/E  Minibus) utiliza motor elétrico MES-DEA de corrente alternada, tipo assíncrono, trifásico, controlado pelo inversor de potência e refrigerado totalmente a água. Com 40kW (54 cv) de potência nominal e torque de 129 Nm a 2.950 rpm. Pico de potência a 80 kW (108 cv) e pico e torque de 300 Nm a 2.950 rpm. A velocidade máxima é de 70 km/h (carregado) e ainda de 85 km/h (sem carga). A unidade tem comprimento nominal de 7 m, entre-eixos veicular de 3950mm e PBT Peso Bruto Total de 5,6 toneladas. De acordo com o gestor da área de Inovação da Iveco para a América Latina, Fábio Nicora, os testes devem permitir adaptações do modelo europeu para as características operacionais do Brasil e de países vizinhos. A capacidade de passageiros é de 19 + o motorista. O modelo elétrico possui baterias (3x) do tipo FIAMM SONICK  Z5, garantindo uma autonomia de 100 km. O Daily Elétrico já roda em alguns países da Europa, porém, para o Brasil e toda a América Latina, precisamos entender as necessidades do segmento, como também a utilização do produto, de acordo com as diferenças climáticas e de aplicações dos clientes. A recarga da bateria é de 8 horas (quando completamente descarregadas). Os testes têm parceria com a FCA Fiat Chrysler Automobiles, CEMIG Companhia Energética de Minas Gerais e a Pontifícia Universidade Católica de MG (PUC Minas). Ainda de acordo com Nicora, a parceria pode ampliar o desenvolvimento de uma solução mais adequada para os segmentos de transporte que dependem de veículos de pequeno porte, como as vans. As vantagens tecnológicas podem ser ampliadas com diversas visões sobre o produto. Como em todo novo projeto, a interação com instituições e seus diversos especialistas cria um ambiente ideal de pesquisa para trabalhar toda as possibilidades da tecnologia, verificando as variáveis de durabilidade, custos, performance e até mesmo a aceitação do mercado” – destacou o executivo. Ainda segundo a Iveco, o modelo testado no Brasil tem baterias de sódio e níquel FIAMM SONICK Z5 – mais resistente do que a similares encontradas no mercado para uso e aplicação veicular. A empresa diz que as baterias não exigem manutenção e não têm efeito memória, isto é, “não viciam”, podendo ser recarregadas em qualquer estágio, mesmo com carga residual. “Cada uma das baterias é hermeticamente fechada em um invólucro metálico, que isola totalmente a parte ativa do ambiente externo, garantindo a mesma performance, seja com temperatura ambiente elevada ou muito baixa. Ao contrário das outras tecnologias disponíveis no mercado, os componentes da bateria FIAMM SONICK não liberam hidrogênio durante a carga. Além disso, são três vezes mais leves do que o modelo de chumbo-ácido comum, com capacidade similar de armazenamento de energia” – afirmou Fabio Nicora. O motor elétrico é o “MES-DEA de corrente alternada, tipo assíncrono, trifásico, controlado por um inversor de potência refrigerado a água. O veículo de transporte coletivo de pequeno porte também conta com sistema de frenagem regenerativa, pela qual, a energia cinética gerada pelos freios é transformada em energia elétrica, direcionada para as baterias. A direção assistida é desligada automaticamente quando o veículo está parado, o que poupa energia elétrica. Já as luzes não são alimentadas pelas baterias que fornecem energia para a tração. Os equipamentos luminosos e de sinalização noturna dependem de uma bateria paralela de 12 Volts. A autonomia varia entre 90 a 130 km (dependendo do número de baterias empregadas, tipo de operação e peso total). O chassi em escada é preparado para receber carrocerias e implementos de até sete toneladas. O modelo pode trafegar por inclinações de até 18% e é indicado para transportes escolares, transfers, fretamento de curta distância e operações urbanas de pequena demanda. O painel possui equipamentos que possibilitam o monitoramento em tempo real do sistema elétrico, com dados como estado da carga, tensão, temperatura da bateria. [Helio L Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Foto: Iveco Bus/Press]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s