Ônibus Noturno em SP: sucesso total.

cidade-tera-onibus-24h

A SPTrans – São Paulo Transporte divulgou um novo balanço sobre o número de pessoas transportadas pelas linhas de ônibus que trafegam na madrugada. De acordo com a gerenciadora de transportes, desde quando foi criada em 28 de fevereiro até o dia 10 de dezembro foram transportados mais de oito milhões de pessoas no horário entre meia-noite até às 4h. A rede noturna serve de piloto para implantação de outras redes de transportes da capital paulista, que estão previstas na licitação de transportes.  O cumprimento das viagens e horários é monitorado por CCO – Centro de Controle Operacional, na chamada operação controlada. A licitação também prevê a implantação de um novo sistema de monitoramento. A próxima rede a ser implantada é a de domingo que deve entrar em vigor na cidade de SP antes mesmo da licitação. Em nota a SPTrans, informou que o crescimento do número de passageiros na 151 linhas que compõem a rede  noturna foi de 32 ,5% e que linha Terminal Santo Amaro – Terminal Parque Dom Pedro II é a mais movimentada [a N701-11]. A adesão do paulistano à novidade vem sendo demonstrada com a evolução do volume de passageiros transportados ao longo dos meses. Em março, as 151 linhas do Sistema Noturno transportaram um total de 712.765 passageiros, enquanto que, em novembro, foram transportados 944.591 passageiros. Na sequencia estão as linhas: N703-11 Term. Jd. Ângela – Term. Sto. Amaro [com 297.105 passageiros] e a N706-11 Terminal Campo Limpo – Term. Pinheiros com total de 223.502 passageiros. Na madrugada, são 151 linhas de ônibus que começaram a circular em fevereiro de 2015, sendo que 101 linhas locais têm intervalo de 30 minutos e 50 linhas estruturais tem um intervalo de 15 minutos. Ao todo são 454 ônibus em operação e 88 reservas.

onb_noturno_sp_12

[Helio L Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Imagem/Foto: Divulgação/NOP-Bus]

Anúncios
por inbustransportonibus

Ônibus elétrico começa a ser testado em BH!

k9_bhtrans

Duas linhas de ônibus da capital mineira vão operar com o ônibus totalmente elétrico modelo “K9” da BYD – Build Your Dream, fabricante de ônibus chinesa cuja planta industrial está localizada em Campinas, no interior de SP. O coletivo procedente da China e montado no Brasil já foi testado em diversas cidades. Desde novembro está em Belo Horizonte, mas sem transportar passageiros. O veículo vai operar nas linhas 5503 A – bairro Goiânia/Centro e 9105 Nova Vista/Sion pela Viação Torres, pertencente ao consórcio BHLeste. O ônibus tem autonomia para circular por 250 km com uma carga e não emite poluentes durante as operações [Elias Marques, editor MTb 49162SP, de Belo Horizonte, MG – Foto: Divulgação/BHTrans].

por inbustransportonibus

Senior da Marcopolo para o Gabão.

sograta-marcopolosenior_sogatra1

A Marcopolo Rio forneceu cerca de 63 ônibus para a Sogatra – Société Gabonaise de Transport – uma das principais empresas de transporte de passageiros do Gabão. Os veículos, 52 unidades dos modelos Senior Midi, 10 do Torino e uma do micro-ônibus Senior, serão utilizados nos segmentos urbano e de turismo. Segundo Ricardo Portolan, gerente de exportação da Marcopolo, esta é a segunda venda para a operadora nos últimos dois anos. “Mesmo com a forte presença da Marcopolo no continente africano, somente no ano passado conseguimos fazer a primeira venda de ônibus para o Gabão, 149 unidades do Torino. A África é um mercado estratégico, pois apresenta potencial de crescimento muito grande na utilização do ônibus. O novo acordo demonstra a satisfação do cliente com os nossos produtos e serviços” – destacou o executivo. O modelo Senior Midi possui capacidade para transportar 30 passageiros sentados em poltronas modelo City, 10480 mm de comprimento, duas portas dupla folha no lado direito e espaço reservado para portadores de necessidades especiais. Equipado com chassi VW 17.230 EOD Euro III, conta ainda com multiplex no painel e sistema de ar-condicionado Spheros, modelo CC 355. Indicado para o transporte urbano de passageiros, o Torino tem 13360 mm de comprimento, conta com duas portas de dupla folha no lado direito, 56 poltronas modelo City, sistema de ar-condicionado Spheros, modelo CC 355, espaço reservado para portadores de necessidades especiais, multiplex no painel e chassis VW 17.230 EOD Euro III. O Senior Turismo possui 8795 mm de comprimento, uma porta pantográfica no lado direito e acomoda 16+1 passageiros em poltronas semileito de 1090mm de largura revestidas de couro. O modelo tem ainda chassis VW 9.150 EOD Euro III, sistema de ar-condicionado Spheros, modelo CC 205, dois monitores de LCD de 15,4” e mesa de jogos instalada na parte traseira do veículo, proporcionando mais lazer, conforto e segurança para os usuários. A Sograta é uma empresa pública que opera o sistema de transporte de passageiros em Libreville, capital do Gabão. Recentemente a empresa definiu a Marcopolo como seu parceiro estratégico para o fornecimento de novas unidades para a renovação e ampliação de sua frota. [Elias Marques, editor MTb 49162SP, de Caxias do Sul, RS – Foto: Marcopolo/Imprensa]

por inbustransportonibus

CAIO-Induscar: Mondego 2016

A encarroçadora de Botucatu, SP, apresentou a nova versão do Mondego preparado para chassis de motor traseiro, desenvolvido para o segmento urbano e voltado inicialmente para o mercado externo. A primeira unidade foi adquirida para prestar serviços no Chile e foi encarroçada sobre chassi Mercedes-Benz na série “O-500 U”. O urbano chega com linhas harmônicas e fortes. Com o objetivo de conciliar tecnologia com baixo custo de manutenção, vários itens foram projetados com essa finalidade, dentre eles: luz de posição dianteira em LED´s; espelho retrovisor fixado na coluna do veículo e arcos de roda compactados junto à carroceria. Um grande diferencial do modelo é o conjunto óptico intercambiável entre outros modelos da marca Caio-Induscar, diminuindo o custo de manutenção, reforçando a identidade da marca. Conta com porta tipo fole, para-brisa com nova curvatura para garantir maior visibilidade, novo cockpit e painel, entrada de ar forçada para a cabine do motorista, e placas de LED embutidas nos itinerários, o que facilita a visualização e aumenta a vida útil do componente. O modelo possui rampas para facilitar o acesso de pessoas com necessidades especiais e espaço para acomodar cadeira de rodas, o que garante total acessibilidade. A carroceria do Novo Mondego 2016  possui comprimento total de 13.150 mm e capacidade para transportar 32 passageiros sentados, incluindo portador de necessidades especiais, com lotação total de 88 passageiros.

novo_caio_mondego_2016

[Elias Marques, editor MTb 49162SP, de Botucatu, SP – Imagem: Caio-Induscar]

por inbustransportonibus

BYD vai trazer ônibus elétrico 6×2 de 15m para o Brasil!

byd_inb1129

No modelo “K 10-A” [de baterias de Fosfato de Ferro], a fabricante chinesa BYD apresentou um ônibus 100% elétrico com 15 m de comprimento e três eixos [versionado em 6×2]. O coletivo possui maior capacidade de passageiros com autonomia semelhante aos modelos de ônibus convencional. A lotação é para 95 passageiros, entre sentados e em pé, e o PBT Peso Bruto Total é de 26 toneladas. As emissões de poluentes são zero durante a operação e o nível de ruído é baixo. O urbano tem uma autonomia de 265 km.

byd_inb1128

A fabricante está testando pelas ruas e avenidas de SP o “K 9” de 12 m, modelo que já circula em cidades do mundo, inclusive em Campinas, no interior paulista, onde a fabricante instalou uma planta industrial. Também foi testado o “K 11”, ônibus de 18 m articulado, que deve ter uma versão de carroceria com as especificações da SPTrans. Já em Porto Alegre, no RS, a BYD apresentou em teste o “K 7”, um micro-ônibus  100% elétrico. [Helio L Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Fotos: NOP-Bus/Inbus Transport e Divulgação]

por inbustransportonibus

São Luís no MA: no urbano, agora com BU Bilhete Único no sistema.

Desde 14 de dezembro de 2015, entrou em vigor o BU Bilhete Único de São Luís, capital do MA Maranhão. De acordo com a prefeitura, o passageiro vai poder fazer quantas transferências de ônibus quiser no intervalo de uma hora e meia, pagando uma passagem, desde que permaneça na mesma direção de viagem. O monitoramento desse intervalo vai ser feito pelo sistema de GPS, que já está instalado nos ônibus. Quem possui os atuais cartões de vale transporte ou de meia passagem estudantil vai poder utilizá-los no sistema de bilhete único sem necessidade de pegar novos cartões. De acordo com estimativa da Prefeitura Municipal de São Luis, o Bilhete Único deve beneficiar cerca de 760 mil passageiros por dia. A troca de ônibus pode ser feita em qualquer local da cidade sem necessidade de fazer interações dentro de terminais. A solicitação do cartão deve ser feito na sede do SET Sindicato das Empresas de Transportes [apresentando RG e CPF e realizando recarga mínima de R$ 5]. Se for estudante, deve se dirigir à CES Central Estudantil. Já para a segunda via, o usuário deve pagar taxa de R$ 10,40. Este cartão é pessoal e intransferível, podendo ser utilizado apenas pelo titular. O BU é válido para deslocamentos dentro do município de São Luís.

maranhao_bus_urban

[Elias Marques, editor MTb 49162SP, de São Luís, MA – Foto: Divulgação].

por inbustransportonibus

Grupo GBS: 29 novos rodoviários na frota!

Vinte e nove ônibus rodoviários: esta é a aquisição para compor a já moderna frota da Brasil Sul Linhas Rodoviárias, de Londrina, um dos principais operadores de transporte do PR, e pertencente ao sólido Grupo GBS. Os rodoviários foram desenvolvidos para atender linhas de médias e longas distâncias, nos modelos Paradiso 1600 LD (Low-Driver) e Paradiso 1800 Double Decker (DD – os primeiros da empresa). Os coletivos serão utilizados no deslocamento de passageiros nos estados de SC, RS e SP. As unidades do modelo Paradiso 1800 DD possuem chassi Mercedes-Benz “O-500 RSD” e capacidade para transportar 44 passageiros em poltronas semileito 1060 super soft com descansa-pernas regulável no piso superior e seis poltronas leito no piso inferior. Os veículos têm sistema de áudio e vídeo com monitores de LCD, ar-condicionado, sanitário no piso inferior, geladeira, tomadas de força para celular junto às poltronas, iluminação decorativa no piso inferior e sistema de gravação de imagem com três pontos. Com capacidade para transportar 44 pessoas em poltronas semileito 1060 super soft com descansa-pernas regulável, o Paradiso 1600 LD foi desenvolvido para ser uma solução versátil e diferenciada para o segmento rodoviário, que alia conforto e amplo espaço para bagagens. O modelo tem chassi Mercedes-Benz “O-500 RSD” e conta com sistemas de ar-condicionado e audiovisual, monitores LCD, vidros colados, toalete, painel de instrumentos com acabamento soft touch e camarote do motorista auxiliar com ambiente climatizado.

bs_marcopolo_paradiso1800dd_1600ld

[Elias Marques, editor MTb 49162SP, de Caxias do Sul – Foto: Marcopolo/Imprensa/Comunicação]

por inbustransportonibus

A licitação paulista no rodoviário de ônibus!

DSCN6080

A ARTESP Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de SP vai realizar as audiências públicas sobre a licitação dos TRIS Transportes Rodoviários Intermunicipais e Suburbanos. O objetivo é realizar a licitação até março de 2016. É a primeira vez que as linhas vão ser licitadas em grupo. O Governo paulista vai dividir os serviços em cinco lotes que abrangem os 606 municípios e um lote neutro, que corresponde à capital e à RMGSP Região Metropolitana da Grande SP com 39 cidades que serão os pontos de partida e chegada das principais linhas, mas não os únicos destinos. O total de 645 cidades vai ser divido em capital do Estado, capitais regionais e centros sub-regionais. Durante as apresentações, a Artesp faz questão de enfatizar que cada cidade pertencente a um lote operacional deve ter pelo menos duas partidas diárias para a cidade polo de cada lote. A Agência paulista também destaca nas apresentações que vai haver por causa da adoção do conceito de área, subsídio cruzado, ou seja, as linhas rentáveis vão bancar financeiramente as linhas consideradas sociais. Para a agência, é uma forma de proporcionar um atendimento mais homogêneo no sistema. As cinco áreas são: Região de Campinas [104 municípios]; Região de Ribeirão Preto [94 cidades]; Região de São José do Rio Preto [153 cidades], Região de Bauru [182 municípios] e a Região de Santos [73 municípios]. Os coletivos devem ter no máximo dez anos de produção de chassi e a idade média da frota deve ser de sete anos para linhas Suburbanas e de cinco anos para rodoviárias. Os veículos devem ter “Wi-Fi” e Ar Condicionado e todas as linhas devem ser monitoradas por CCO – Centro de Controle Operacional. O prazo de concessão é de 15 anos. As revisões dos contratos devem ser feitas no segundo, no quinto, nono, e no décimo terceiro anos de vigência. [Helio L Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP – Foto: AutomotivePress/Inbus Transport]

por inbustransportonibus

Águia Branca: modernos rodoviários na frota.

marcopolo_paradiso1350_aguiabranca2

Os rodoviários possuem iluminação do salão de passageiros e luzes de leitura dos porta-focos em LED´s, saídas individuais para ar-condicionado, plug para fone de ouvidos e controle de volume do som. Montados com chassis da marca Mercedes-Benz [na série O-500 RSDD 8×2], os ônibus da Marcopolo no modelo Paradiso 1800 DD e 1350 fazem parte do programa de renovação de ônibus da sólida empresa capixaba Águia Branca [de Cariacica, ES]. Na versão “dois andares”, os rodoviários possuem duas classes de serviço e 44 poltronas “semileito” no piso superior, além de seis leito-cama no piso inferior. Os ônibus contam ainda com a comodidade de  “Wi-Fi” e tomadas USB individuais, além de tomada de energia elétrica, filme e música a bordo. A Viação Águia Branca, um dos principais operadores de transporte rodoviário do ES Espírito Santo, totalizou 34 modernos ônibus rodoviários. No total são oito unidades do Paradiso 1800 Double Decker, duas coletivos do Paradiso 1350 e ainda 24 unidades do Paradiso 1200, que serão utilizadas em rotas intermunicipais, interestaduais atendidas pela empresa. “Nosso foco é o cliente. Queremos encantá-lo com opções diferenciadas de serviços para sua viagem, trazendo o que há de melhor, mais moderno, mais seguro e de muito conforto no transporte rodoviário de passageiros” – afirmou Paula Barcellos Tommasi Corrêa, diretora Comercial & de Marketing da VAB Viação Águia Branca, lembrando que estes lançamentos antecipam o início das comemorações dos 70 anos do grupo, que acontecerá em 2016. No rodoviário Paradiso 1350 – de 35 passageiros, são 28 poltronas semileito com descansa-pés e sete poltronas leito, também equipados com “Wi-Fi” a bordo, tomadas USB individuais e tomadas padrão, filme e música. Contam ainda com portas pantográficas com travamento automático e pneumático, parede de separação com porta deslizante, sistema multiplex, sanitário, cinto de segurança retrátil, porta-copos, porta-revistas, sistema de ar-condicionado com dutos individuais e calefação. As unidades do Paradiso 1200 têm chassis Mercedes-Benz “O-500 RSD” e são equipadas com 44 poltronas semileito com descansa-pernas. Os novos ônibus da maior empresa capixaba, trazem como novidade a nova identidade visual, desenvolvida pelo renomado designer Hans Donner. Ele planejou a identidade visual dos ônibus a partir do nome da Viação Águia Branca e desenvolveu um conceito “em que o ônibus parece ganhar asas”, com estilo mais clean, tanto no novo tom de azul, quanto no design da marca.

marcopolo_paradiso1350_aguiabranca

[Helio Luiz de Oliveira, editor MTb 69429SP, de SP * Fotos: Marcopolo/Comunicação]

.

por inbustransportonibus

BRASIL: Ano de 2015 acompanhou no segmento acompanhou a crise econômica!

051

O segmento de ônibus [chassis + carrocerias] acompanhou os efeitos da crise econômica brasileira [como a redução no crédito], disponibilizando uma forte queda na produção da indústria de chassis de ônibus. No acumulado as perdas no ano foram de 35,2%, de acordo com balanço da Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores. Entre janeiro e novembro deste ano, foram produzidos 20.953 ônibus. Já no mesmo período do ano passado, a produção foi de 32.333 veículos. A retração econômica  reduz a capacidade de investimentos por parte de empresas privadas e do próprio poder público, o que interfere diretamente na produção de bens de capital ou bens intermediários, como é o caso dos ônibus e dos caminhões. Em relação aos tipos de veículos, ainda de acordo com balanço, o número de ônibus urbanos produzidos teve queda de 42,2%. Em 2014, entre janeiro e novembro foram feitos pela indústria brasileira 26.609 ônibus urbanos. Já nos onze meses de 2015, saíram das linhas de produção 15.381 ônibus urbanos. Em relação aos ônibus rodoviários, segundo a Anfavea, a situação é um pouco melhor, mas o resultado também é negativo: queda de 2,7% na produção com total de 5.572 ônibus fabricados entre janeiro e novembro deste ano. No passado, foram 5.724 ônibus rodoviários.

agrale_chassi_bus

MARCAS E LICENCIAMENTOS:

Em relação aos licenciamentos, ainda de acordo com o balanço Anfavea, a queda no setor de ônibus foi de 38,4%. Entre janeiro e novembro deste ano, foram licenciados 15.487 ônibus e no mesmo período do ano passado 25.158 veículos de transportes coletivos. Já sobre as marcas, o balanço mostra que neste ano todas elas tiveram queda nas vendas acumuladas com exceção da Iveco que teve mais de 80% de crescimento.

rio_negro_chassi_iveco_2015

 

1º) Mercedes-Benz: 7.719 ônibus licenciados – queda de 34,1% no acumulado do ano.

2º) MAN – Volkswagen Caminhões e Ônibus: 3.351 – ônibus licenciados – queda de 45,1% no acumulado do ano.

3º) Agrale – incluindo minionibus da VVL [Volare]: 2.137 – ônibus licenciados – queda de 48,2% no acumulado do ano.

4º) Iveco: 1.115 ônibus – alta de 81,3% no acumulado do ano.

5º) Volvo: 785 ônibus licenciados – queda de 49,9% no acumulado do ano.

6º) Scania: 341 ônibus licenciados – queda de 65,3% no acumulado do ano.

release21012015c

[Adamo Bazani, editor MTb 35521SP, de SP * Fotos: NOP-Bus]

por inbustransportonibus