Sunlong Bus vai disponibilizar ônibus para o mercado brasileiro!

Sunlong Bus no Brasil

sunlong_bus sunlong_bus_a

A fabricante chinesa Sunlong Bus deve começar a importar seus modelos de ônibus para o Brasil ainda neste primeiro semestre de 2014. Quem afirma esta posição é o empresário Mauri Moreira de Oliveira, sócio brasileiro da marca chinesa que tem sede em Xangai. A chegada da Sunlong é resultado de três anos de intensas negociações com matriz na China. A empresa trará ônibus completos para o mercado nacional, cujos modelos estão em homologação. Segundo Oliveira, a operação terá investimento inicial de US$ 15 milhões, no que envolve a instalação de um CD Centro de Distribuição em um terreno de 80 mil metros quadrados localizado na cidade mineira de Juiz de Fora. Por serem importados, os ônibus da Sunlong não poderá ser adquirido por meio de crédito do Finame/BNDES, fator decisivo para a venda deste tipo de bem. Apesar disso, o sócio da companhia no Brasil espera que em breve os veículos possam contar com condições mais competitivas de financiamento e com o apoio de um banco chinês. “Já temos clientes interessados na aquisição de 18 unidades. Assim como acontece com os automóveis e caminhões, os ônibus importados da China terão como atrativo um preço competitivo e produtos de elevado nível de qualidade” – destacou Oliveira que tem 35 anos de experiência no segmento, com passagens pelas renomadas empresas do setor de ônibus como a Volvo, Scania e Comil. Os modelos de ônibus da Sunlong possuem freios ABS, suspensão a ar e ar condicionado (itens alguns que obrigatório em veículos novos no Brasil desde o início deste ano). Na linha rodoviária os veículos possuem de 9 a 12 m de comprimento e na linha urbana os coletivos têm em média de 12 m. A ideia principal é de que depois de dois anos de importação existe um protocolo de intenção para a instalação do que seria a primeira planta da Sunlong fora da China. Por enquanto, o objetivo é de conquistar uma pequena fatia de mercado. “Estamos focando no nicho que era atendido pela Busscar” – descreveu Mauri Moreira de Oliveira, referindo-se à empresa catarinense que faliu em 2012. “O mercado brasileiro tem espaço para todo mundo e queremos complementar a oferta de produtos” – enfatizou o executivo. Inicialmente a montadora chinesa trará para o Brasil os modelos equipados com motorização a diesel: “Mas temos tecnologia para produzir modelos híbridos, puramente elétricos e até movidos a célula de combustível” – assegurou Oliveira. O executivo acredita que novas versões com tecnologias alternativas de propulsão devem chegar ao Brasil apenas no futuro, quando o Governo brasileiro definir algum incentivo para estas tecnologias, principalmente no transporte coletivo. Por Jean R Dierckx, de Bruxelas, Bélgica – Correspondente para a REVISTA INBUS TRANSPORT Brasil – Fotos: Sunlong Bus/Press

Anúncios